Especialista desvenda 6 mitos e verdades sobre as sobrancelhas

Especialista desvenda seis mitos e verdades sobre as sobrancelhas, confira: Deve-se pintar as sobrancelhas com a mesma cor do cabelo? Mito. A melhor designer de sobrancelhas do mundo, eleita pela American Academy of Micropigmentation (EUA), Fátima Bahia, diz que: “Não aconselha, pois a tintura ou descoloração irá enfraquecer os pelos e os fios das sobrancelhas. E elas, não precisam ter a cor igual a do cabelo, e sim levemente parecida. O ideal é que tenham a cor do fundo do cabelo.”; O formato ideal do arco depende da forma do rosto? Verdade. Não é possível levar à clínica a foto das sobrancelhas de Cara Delevingne, por exemplo, e pedir uma igual. “Tudo depende da musculatura da face, curvatura, desenho natural das sobrancelhas e espessura do pelo. Respeite o molde natural da sua.” Segundo a expert, não existe sobrancelha da moda. “Existe sobrancelha ideal para cada tipo de rosto. Não siga modismos e queira mudar a sua bruscamente.”; O lápis de olhos é ótimo para corrigir falhas? Mito. A melhor maneira de esconder falhas e preencher as sobrancelhas é com sombra marrom – mais clara ou escura -, dependendo da cor natural de quem vai utilizar. Também existem vários produtos no mercado de beleza específicos para preencher as sobrancelhas. O importante é verificar com o seu Dermatologista qual o melhor produto ou tratamento para o seu tipo de pele e sobrancelha; É indicado fazer as sobrancelhas sempre com a mesma especialista? Verdade. Fátima afirma, que ao encontrar alguém de sua confiança o ideal é não alternar com outros designers, já que cada um tem um jeito específico de fazer as sobrancelhas....
Tchau Acne

Tchau Acne

Apesar da acne ser mais frequente em adolescentes, ela pode aparecer em qualquer idade. Na adolescência a acne aparece devido às altas taxas de hormônio no organismo, especialmente a testosterona. Ela aumenta a oleosidade da pele e, quando esta se junta com células mortas da pele, formam as temidas espinhas. Já as mulheres mais velhas, a acne pode aparecer devido alguma disfunção hormonal como a síndrome do ovário policístico, cosméticos vencidos, maquiagens ou hidratantes importados, esses fatores podem aumentar a oleosidade da pele causando espinhas ou feridas e alergias. O importante é saber que tirar cravos e espinhas com as unhas ou os dedos pode deixar cicatrizes irreversíveis, além de propiciar o aparecimento de grandes problemas na pele. Evitar os remédios milagrosos ou caseiros, também é imprescindível para quem quer ter uma pele bonita. Sabemos que em qualquer idade a acne pode causar baixa auto-estima,  porém existem tratamentos eficazes que, quanto mais cedo se iniciarem, melhor. É importante acompanhar um Dermatologista para saber qual tratamento a sua pele precisa. Conheça os tratamentos sugeridos pelos nossos Dermatologistas  da Clinica Ottoboni: Sabonetes, pomas e géis; Medicamentos via oral, como antibióticos; Peelings químicos, lasers fracionados, dermoabrasão ou lasers ablativos associados aos não ablativos; Cremes e Protetores solares; Entre outros. O importante é procurar um tratamento com um dermatologista de confiança e siga todos os tratamentos propostos. Fonte: Bolsa de Mulher, Terra e Cristiane...
Dicas para evitar a acne no peito

Dicas para evitar a acne no peito

“A acne no peito é conhecida também como “acne do corpo”, que é um resultado de poros bloqueados devido à produção excessiva de sebo ou por disfunções hormonais. Geralmente o público feminino é o que mais sofre, pois a maioria dos casos, esse tipo de acne se desenvolve no período de gestação ou pós-parto.” explica a Dermatologista Gabriella Vasconcellos. A Doutora Vasconcellos informou também que existem alguns tratamentos para resolver esse tipo de problema, confira aqui. Existem também algumas dicas que ajudam a evitar o surgimento da acne no peito, confira: Sabonetes antibacterianos; Cremes antibacterianos; Evitar alimentos gordurosos ou muito calóricos (exemplo: chocolate); Evitar loções e hidratantes gordurosos; Enxaguar bem o corpo durante o banho; Retira bem o condicionador dos cabelos (os condicionadores também podem contribuir para o surgimento de acne); Uma boa limpeza de pele e esfoliação; Peelings; Entre outros. Importante: Em caso de dúvidas ou para um resultado eficaz, é sempre importante conversar com o seu dermatologista, apenas ele poderá indicar a melhor opção de produto ou tratamento,  para você obter resultados satisfatórios! Fonte:  Dermatologista Gabriella Vasconcellos e Dicas de...
Pele seca: dicas para mantê-la sempre bonita e saudável

Pele seca: dicas para mantê-la sempre bonita e saudável

A pele seca também causa incômodos, assim como a pele oleosa. Segundo a dermatologista Márcia Linhares, além do ressecamento, a pele seca pode apresentar um aspecto áspero e placas esbranquiçadas, que, às vezes, causam alergias (coceira). As Dermatologistas Márcia Linhares e Thais Pepe, separaram algumas dicas que vão além do “beber água” e “abusar do protetor solar”, confira: Hidratação com cremes: A hidratação deve ser feita com cremes apropriados para o seu tipo de pele, alerta da doutora Thais Pepe: Se a pele estiver machucada e com fissuras em função do ressecamento, não é recomendado o uso de produtos à base de ureia; Evite ácidos e fórmulas com álcool: “Quem tem pele seca não tem a barreira de proteção adequada, o que facilita o surgimento de alergias e infecções”, explica a dermatologista Thais Pepe. Por isso, é importante evitar produtos que contenham álcool na fórmula, já que é uma substância muito detergente e resseca ainda mais a pele; Cuidados no banho: Os banhos demorados e com água muito quente – que tira o óleo natural da pele – são contraindicados para quem tem a pele seca. A Dermatologista Márcia diz que, por se tratar de uma pele sensível, o uso de buchas e esfoliantes também não é indicado, já que pode irritar a pele. “Quanto menos esfregação houver durante o banho, melhor”, afirma a doutora; Maquiagem: A hidratação profunda é ainda mais necessária quando a pele recebe muita maquiagem. “Se a pele não estiver hidratada, a maquiagem pode ‘craquelar’ e dar uma impressão de envelhecimento”, explica a Dr Thais Pepe. Produtos líquidos são sempre mais eficazes que os pós para...
Especialistas desvendam os benefícios e desvantagens do frio para a beleza e a saúde

Especialistas desvendam os benefícios e desvantagens do frio para a beleza e a saúde

Diversas dúvidas costumam aparecer na estação mais gelada do ano como: o frio engorda?! as dores pioram?! o cabelo cai mais?! O que muitos não sabem é que nem todas as mudanças que ocorrem em nosso corpo são culpa “exclusivamente” do inverno. Por isso, separamos uma lista de mitos e verdades sobre o inverno, segundo especialistas, confira: É comum sentir mais fome nos dias frios? Verdade. Pois a explicação não é apenas o fato de que ficar mais tempo em casa, debaixo das cobertas e diante da televisão desperta aquela vontade de atacar a geladeira. “Durante o inverno há um aumento no consumo energético, pois a temperatura ambiente, geralmente, é menor do que a temperatura corporal. Nosso corpo trabalha mais para se aquecer, gasta mais energia, por isso precisamos de maior quantidade de nutrientes para a reposição”, explica a nutricionista Ana Maria Gonçalves; Se exercitar no inverno ajuda a emagrecer? Verdade. É normal bater aquela preguiça só de pensar em sair da cama nos dias mais frios, mas para quem quer emagrecer, essa pode ser a época ideal para dar início ao projeto verão. Isso porque no inverno o metabolismo do corpo acelera, pela necessidade de produzir mais calor, ativando mecanismos naturais que promovem a queima de gorduras. Para impulsionar ainda mais essa tendência do corpo a gastar calorias, vale manter a rotina de exercícios sempre em dia; Risco de desidratação é menor? Mito. É verdade que com as temperaturas mais baixas, a tendência é produzir menos suor. Mas isso não significa que se deva descuidar da hidratação. Apesar de o clima ameno favorecer a redução da sudorese, o...