13 dicas para lidar com a insônia

13 dicas para lidar com a insônia

A insônia infelizmente pode causar alguns estragos na qualidade de vida do ser humano, como no desempenho profissional, na vida social e em diversos outros aspectos. De acordo com as pesquisas realizadas no Brasil, cerca de 40% das pessoas sofrem com insônia de forma moderada à crônica, o número é considerado, assustador! Considerando que a insônia é um mal que muitas vezes pode ser evitado com medidas simples do dia a dia, alguns estudos ainda indicam que as mulheres próximas à menopausa tem mais tendência a sofrer com esse problema. Mas os estudos não descartam a possibilidade de jovens e pessoas mais velhas, de ambos sexo, sofrerem desse distúrbio. A insônia pode durar uma noite, dias, semanas, um ano ou mesmo a vida inteira. Mas afinal, o que é considerado como insônia? O Dr. Luis Eduardo Belini, explica: “A insônia é reconhecida pela dificuldade em iniciar ou manter o sono, acordando repentinamente ou até mesmo passando as noites em claro. Algumas vezes a insônia pode estar relacionada a uma redução da quantidade de horas necessárias para um sono satisfatório”. “Entre os sintomas podemos destacar o aumento do tempo que o indivíduo leva para pegar no sono, acordar várias vezes ao longo da noite e acordar muito antes do horário previsto, não conseguir pegar no sono novamente”, acrescenta. Dormir mal pode estar relacionado com diversas doenças como problemas, por isso é importante estar em dia com seus exames e ter sempre um médico acompanhando seu caso, pois apenas o seu doutor pode receitar o medicamento ou tratamento certo para o seu caso! Veja abaixo algumas dicas para saber lidar com...
Como combater fungos e micoses em banheiros de academias ou de clubes?

Como combater fungos e micoses em banheiros de academias ou de clubes?

Com a chegada do verão as academias e clubes começam a ficar lotados, muitos dos frequentadores desses espaços estão sempre correndo para dar tempo de cumprir todas as atividades do dia, e por isso muitos deles optam em tomar banho ali mesmo, após o seu treino. Mas nem sempre essa ideia de poupar tempo acaba sendo uma boa! Os chuveiros comunitários de clubes e academias possuem condições ideais para o desenvolvimento de fungos. São em geral, locais quentes e úmidos, e por serem locais de grande circulação de pessoas, o risco de infecção torna-se ainda maior,  principalmente se uma dessas pessoas apresentar um pequeno corte no pé, e não estiver usando chinelos ao entrar em contato com a superfície contaminada. Já a micose é um dos males mais comuns adquiridos dentro de banheiros de academias e clubes,  por conta do grande fluxo de pessoas. Geralmente os sintomas de micose são: a pele fica mais avermelhada, além de descamar e coçar. E quando a micose atinge a área entre os dedos, a pele fica amolecida e esbranquiçada. Além do uso de chinelos, existem outras orientações que podem ser seguidas para evitar fungos e micoses; confira: Após o banho, procure secar bem os pés e os espaços entre os dedos. Caso não consiga secar bem com a toalha, utilize um pouco de papel higiênico ou até um secador de cabelo no modo frio; Após secar os pés e, antes de se calçar, aplique um talco específico para os pés. O talco servirá como uma proteção; Jamais use tênis sem meias, eles podem causar fungos e micoses; Opte por um calçado aberto...
Dermatologista dá dicas para manter a pele bonita e saudável em viagens de avião

Dermatologista dá dicas para manter a pele bonita e saudável em viagens de avião

Na correria de viagens a passeios, de férias ou a trabalho, os cuidados com a beleza muitas vezes são deixados de lado. Mas é muito importante conseguir um tempinho para pensar em cuidar da sua pele, afinal, ela acaba sofrendo as consequências de fatores como as condições climáticas, falta de produtos corretos e até mesmo voos longos. Por conta dessa correria e falta de cuidados, que a Dermatologista Karla Assed lançou o “Manual de Viagem para a Pele”, com dicas preciosas, cuidados e precauções necessárias que vão da pré-viagem, durante o voo, e para roteiros climáticos diferentes. A Dermatologsita Karla Assed contou para Bolsa de mulher, “Que dependendo do tempo de voo, dá para sentir que a pele fica rígida, mais enrugada e com coceira. Como o ar é seco, pele e cabelos perdem água e ressecam. Olhos e vias respiratórias também sofrem com essa secura do ar.”. Confira algumas dicas da dermatologista: Pré-viagem para todos os climas: Antes de viajar aposte nas máscaras de ouro, semente de uva ou Dmae, que revitalizam a pele tirando o aspecto de cansaço; Viagens para lugares quentes: Antes de viajar evite peelings, esfoliações e laseres; Viagens para lugares frios: A regra é hidratar a pele constantemente; Durante o voo: Hidrate bem a pele durante o voo com borrifadas na face de água termal. Deixe secar naturalmente, sem o uso da toalha e, em seguida, aplique um hidratante, que contenha substâncias como semente de uva, ureia, lactato de amônio e vitamina C. Aplique filtro solar mesmo dentro do avião, pois além de hidratar, protege a pele; Pele bonita ao acordar: Antes de dormir...

Clínica Ottoboni em novo endereço

No dia 28/09 vamos iniciar os atendimentos na nova sede da Clínica Ottoboni, na Rua Frederico Cantarelli 472, Bigorrilho. O novo telefone será 3016-6048. As consultas para cirurgias plásticas, dermatologia e tratamentos podem ser agendados no novo endereço,  a partir desta. Esperamos...